quarta-feira, 3 de julho de 2019

CERÂMICAS, SOLSTÍCIO E CEU NOTURNO




Uma das vantagens de se ficar mais velho, ou de ficar velho, é que o tempo pode ser acelerado ou brecado. Nesta fase da vida, já aceleramos, gastamos muito gás e quase sempre chegamos lá! Onde? Onde a gente estava a fins de chegar! Fica meio tarde para se jogar na loteria, ela já foi sorteada e é bom que tenhamos ganho.  A loteria de poder contemplar com calma a Natureza é uma soma enorme, que pode ser gasta "hásta la victoria". "Pródiga você tem me dado amor e o que eu dou em troca é amor, indizível e apaixonado amor..." Walt Whitman
Tenho o feliz hábito de levantar muito cedo, ainda escuro (lá pelas cinco da matina) para tomar um mate e contemplar o céu, as constelações que nascem antes do sol nascer. Agora, por exemplo, o espetáculo é  dos mais compensadores. Pégaso ao norte, depois, desfilando,  Andrômeda, Triângulo, Belier, Plêiades, Rabo do Tatu, Três Marias com o seu passe par tout, O Grande Y, ou o Grande M (W) (Formahaut, Achernar, Diphda), as Nuvens de Magalhães, Canopus... Antes de dormir já tinha checado Júpiter, Saturno, Escorpião, Sagitário, Cruzeiro, Alfa e Beta Centauro. Que bela representação a constelação indígena da Ema! Assim, firmo pé, olhando para o alto. Mas olho para o chão para não cair num buraco.
"E ao vir do dia, ainda as procuro pelo céu deserto",  Olavo Bilac.  O solstício de inverno melhora o espetáculo de cores da aurora com seus dedos róseos,  nascendo, o sol,  tão ao norte, principalmente para o paralelo 25 sul, onde estou. É quando chega Raimundo Correia despertando as pombas dos pombais. Mas eu acredito que os sonhos aos corações voltam sempre.... 
O tema é sempre o mesmo, aqui no nosso Planeta. O suceder das estações, espetáculo noturno, o amanhecer, as aves aguardando a primavera, agachadas formando um colchão de ar com as penas. O grande show da Natureza é aqui no Planeta Terra. Galáxias e Nebulosas são fotografias penduradas nas paredes ou nos livros.  As maravilhas contempladas nestas fotos não existem realmente a não ser para olhar a fotografia, porque são intangíveis. Se fores convidado para ir viver nas Plêiades ou numa Nebulosa, não vá, é uma abstração! A paisagem se dissolve....O maior espetáculo da Natureza é aqui que acontece, que nós Seres humanos temos o privilégio de viver e conviver, movimentar-se em meio à paisagem, à vida em toda a sua plenitude depois de bilhões de anos de Evolução. Depois de ler o relado dos êxtases místicos, do especialista em formigas, Edward Wilson, ao levantar um tronco podre e fica deslumbrado com a vida pulsante ali escondida, abriu-se uma escotilha na minha mente. A Vida é uma maravilha a ser compartilhada, vivida  e sentida, fazendo reverência ao Senhor das Esferas. Aproveite!
A cerâmica? Sim, deixei pra próxima semana, depois eu conto!


sexta-feira, 7 de junho de 2019

DUAS HORAS DE MDELADO DE MÁSCARAS=DOMNGO 09.06.19

                                      

APROVEITANDO A PARCERIA COM O TERRA BRASIL CAFÉ, DOMINGO, DIA 09 DE JUNHO/19, VENHA CURTIR UMA OFICINA DE MODELADO DE MÁSCARAS. NO MEU ATELIÊ,
DAS 14 ÀS 16 HORAS,  $ APENAS 50,00, GANHA DOIS QUILOS DE MASSA PRODUZIDA  AQUI, COM MATÉRIAS PRIMAS DA REGIÃO.
QUER PARTICIPAR?
ENTRE EM CONTATO COM O  facebook terrabarasilcafe.


AH, SIM, A MÁSCARA ACIMA  É O SATÉLITE DE JUPITER CHAMADO TARQEQ!!!!!!!! Tá no google!

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2019

CARNAVAL DIAS 2 E 3 -TERRA BRASIL CAFÉ E CERÂMICA










NESTE FINAL DE SEMANA DE CARNAVAL ESTARÁ ABERTO O TERRA BRASIL CAFÉ. NO SÁBADO, E DOMINGO. OPORTUNIDADE PARA UM ENCONTRO COM A NATUREZA E APROVEITAR PARA UM BRUNCH, NO DOMINGO, OU UM CAFÉ COM DOCES E SALGADOS, NO SÁBADO.  Visite o facebook/terrabrasilcafe e veja o evento.
ESTARÁ ABERTO TAMBÉM O ATELIÊ  E A LOJA PARA VISITAÇÃO E COMPRA DA CERÂMICA DO NARCISO CERAMISTA.
Sempre estou atento quando o dia começa e quando termina. Vejo em frente, à leste, o Pico Paraná, ponto mais alto do sul do Brasil, e sempre flagro alguma ave pousada no pinheiro. Acima um sabiá preto, também conhecido como sabiá poca. Na primeira foto um jacu, que começa seu dia ainda escuro, fazendo estardalhaço com seu seu vozerio e batendo as asas quando se desloca de uma árvore para outra, denunciando sua presença, mesmo sem ser visto.

quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

IMERSÃO - VIDRADOS E MASSAS



IMERSÃO DE UM OU DOIS DIAS:



Há anos vivo a cerâmica Muitas descobertas de processos foram esclarecidas ao longo dessa batalha. Coimo trabalho sozinho, na área rural, e , ultimamente, meus contatos para troca  de informações têm diminuído, acabo tendo que resolver aqui mesmo todos os problemas que surgem para completar algum serviço ou para não demorar demais na execução.

Assim, fui somando esse conhecimento, mais. ainda, acumulando muitos livros onde fui buscar informação, admiração, respeito  e inspiração. O livro do Bernard Leach A Potter"s Book continua sendo um marco naquilo em que acredito. Trabalho artesanal, dando duro, sem perder pedaços do coração. O livro do Wolf Matthes, tecnicamente, para quem estuda ou quer aprender mais a fundo, Vidrados Cerámicos, tem tudo. Para quem quer aprender modelado da figura humana tem o Israel Kislansky.  Ele tem ajudado muita gente. Aqui em Curitiba onde vamos aprender sobre técnica de modelado da figura humana? A Flávia Vanderlinde tem mostrado pra todo mundo como se faz vidrados. Os dois estão em Sampa. Nós outros, da periferia não podemos perder o pique.  Já as técnicas básicas de cerâmica estão bem acessíveis tem muita gente competente mostrando como se faz.


ONDE QUERO CHEGAR?

BEM, ESTOU DANDO CURSOS DE IMERSÃO DE UM OU DOIS DIAS EM VIDRADOS CERÂMICOS E CONFECÇÃO DE MASSAS CERÂMICAS, AQUI NO MEU ESPAÇO. 
QUEM TIVER INTERESSE, ENTRE EM CONTATO, ESCOLHA O ENFOQUE E DURANTE UM OU DOIS DIAS INTEIROS ATACAREMOS FIRME PARA RESOLVER O ASSUNTO.

MASSAS: 
DESDE SEMPRE FAÇO MASSAS PRÓPRIAS, NUNCA COMPRO, HÁ, MAIS OU MENOS 30 ANOS. CONHEÇO OS FORNECEDORES DE MATÉRIAS PRIMAS E PRODUZO MASSAS DE ALTA, BAIXA, BRANCA, GRÊS, PRETA, RAKU,....

VIDRADOS:
DESENVOLVI UMA FORMA SIMPLES E FÁCIL DE FORMULAR VIDRADOS, SEM COPIAR  RECEITAS,  COM RESULTADOS ÚNICOS E SURPREENDENTES.


MANDE EMAIL OU TELEFONE
Grês com vidrado de argila, helicônia com flor de alho poró.



quarta-feira, 9 de janeiro de 2019

TOXICOLOGIA E DEJETOS DE PEQUENOS ATELIÊS CERÂMICOS

                                                        

MATÉRIAS PRIMAS:
Um assunto muito mal explicado é sobre a Toxicologia das Matérias Primas cerâmicas usadas por todos os ceramistas que conheço. São contraditórias,  as informações, às vezes, ou incompletas. Num Simpósio de Cerâmica em Curitiba há uns 8 anos algum palestrante falou sobre os materiais tóxicos. Foi muito claro ao dizer que as informações reais e pesquisas sobre os efeitos do uso sem cuidado de produtos tais como o Selênio,  Cádmio, Vanádio, Chumbo, Bário, mais outros,  praticamente eram inexistentes. O que se conhecia muito bem era sobre a Sílica e a famosa silicose, contraída há séculos por empregados escravos de mineradoras que viviam em subsolos cavando para enriquecer alguma pessoa sem escrúpulo que pouco se lixava para o que acontecia com aqueles pessoas que, possivelmente, nem eram consideradas Seres Humanos, apenas mão de obra, mas isso é outro assunto, mas que está interligado. Está interligado porque as empresas continuam vendendo seus produtos sem que saibamos exatamente o que estamos usando e suas consequências para o uso sem cuidados. Por exemplo: quando alguém vai comprar um CMF qualquer para uso de pequeno ateliê, ou qualquer outro vidrado, apenas vê, no rótulo, ou não, uma caveira. Significa que é tóxico. Mas, POR QUE? O que contêm aquele CMF ou outro vidrado com outra referência? Qual a composição química do vidrado, qual o percentual de cada componente. Qual o cuidado que se deve tomar, que medidas em caso de ingestão? Tem vidrados que para serem usados no ateliê, é preciso saber a composição, para equilibrar, para adicionar outro componente, etc. Assim vamos continuando, por tentativas para chegar ao resultado desejado.
Praticamente todos os óxidos metálicos, pigmentos são tóxicos, em maior ou menor proporção, deve-se evitar inalações de qualquer produto. Ingestão, nem falar é proibido. Devemos considerar, por motivo de segurança, que todos os produtos são tóxicos e tomar os cuidados necessários.
CADA VIDRADO DEVERIA SER ACOMPANHADO COM A INFORMAÇÃO NECESSÁRIA SOBRE ELE: SE É TÓXICO, QUAIS OS CUIDADOS, ETC.,  ETC.
O primeiro livro completo sobre o assunto que vi e ainda uso é o do J.F. Chiti do Instituto Condorhuasi, Buenos Aires, chama-se TOXICOLOGIA CERÁMICA. Acredito que possa ser encontrado em algum lugar para comprar ou entrando em contato direto com o Instituto do Maestro.
O DICCIONARIO CERÁMICO, 3 volumes, do mesmo autor também informa sobre o assunto e é o mais completo livro informativo sobre cerâmica, eu acho.
Se alguém souber de outro livro que possa ser comprado, sobre toxicologia cerâmica, agradeceria se desse o endereço, quero comprar tudo o que conseguir sobre este assunto.
O Robbin Hopper e outros autores americanos falam sobre a toxidez dos produtos cerâmicos, embora não sejam completos.

ÁGUAS RESIDUÁRIAS DE PEQUENOS ATELIÊS:
E como ficam as águas reziduárias dos pequenos ateliês?
Sei que é uma chatice ter que cuidar dos resíduos de lavagem dos recipientes e ferramentas cerâmicas, pincéis, etc. É preciso desenvolver uma forma menos agressiva de eliminar os resíduos  e não contaminar o Meio Ambiente.
Eu uso um sistema com 5 baldes, ou boiões. Deixo decantando durante uns 15 dias, num balde, depois repasso para outro balde aquela água aparentemente limpa, da parte superior,  já com os materiais decantados para uma segunda decantação por mais um tempo. Daí é que considero mais ou menos limpa a água. Mesmo assim, aquele finalzinho sempre deixo no balde e depois incorporo ao primeiro balde. Melhora mais um pouco a qualidade da água residuária. Depois disso poderia passar por um sistema e filtragem simples com feltros e carvão ativado, mas nunca tive grana para poder implantar um sistema que já bolei há anos e que publiquei há algum tempo neste blog, feito com canos de pvc, feltro, areia, carvão ativado. Se alguém encontrar um patrocinador, ou lei de incentivo que patrocine, passo direto o assunto para ser implantado e distribuído gratuitamente ou vendido. Aquela água que considerei acima como limpa depois descarto. Sei que não é 100 % mas já é alguma coisa.  Sobre o material precipitado na primeira etapa, pode ser usado para vidrados decorativos em peças NÃO utilitárias. Se a cor ficar meio sem graça, sempre se pode adicionar um azul cobalto, cobre ou cromo, obtendo-se, assim, um cor mais usável.

CUIDADOS NECESSÁRIOS NO MANUSEIO DE MATÉRIAS PRIMAS CERÂMICAS:

Primeiramente usar roupa própria: máscara, luva, boné, avental, camisas de manga comprida. Após o uso, lavar a roupa e descartar luva e máscara, nada de reaproveitar, lavando, etc.
Usar com muito cuidado  todas as matérias primas, forrando a mesa com jornal, tomando cuidado para não espalhar pelo ateliê que deve ser varrido ou usar  de preferência aspirador de pó. Não gosto muito de usar pano úmido porque vai entranhando no chão, no piso, na madeira, mas cada ceramista deve inventar sua maneira melhor. 

SOBRE O FORNO:
O forno não deve, nunca, ficar em ambiente fechado. Aquela história de que o forno neutraliza os materiais tóxicos é meio esquisita. Como neutraliza? Possivelmente eles evaporam dos vidrados e condensam nas paredes dos fornos. Depois quando se manusear o forno, vai descolar das paredes e vai pra onde? Se o respiro estiver aberto  durante a queima, vão sair e condensar nas paredes dos ateliês ou nos pulmões de quem estiver respirando. Melhor atitude: forno em lugar muito bem ventilado.

MAIS UM POUCO: 
O bom senso deve funcionar, todos devem saber que estão trabalhando com produtos que podem agir de forma negativo no seu corpo e que metais pesados tem efeito acumulativo até chegarem naquela quantidade que vai aparecer em forma de doença. Já disse anteriormente, uma medidinha simples, mas de grande efeito é nunca engolir saliva enquanto estiver trabalhando e depois de trabalhar,  limpar muito bem o nariz.
                                               
Fotos: A de cima, com o pinheiro e o Pico Paraná ao fundo, ponto mais alto do sul do Brasil, é minha paisagem  preferida e esta em flor é uma bromélia,  bilbérgia, gigante (quando abriu totalmente o cacho de flor mediu 80 cm)..

quinta-feira, 27 de dezembro de 2018

OFICINA DE VIDRADO SANGUE DE BOI








ESTOU MONTANDO UM GRUPO PARA MOSTRAR COMO OBTER VIDRADOS SANGUE DE BOI. 
O FAMOSO VIDRADO ÍCONE DA CERÂMICA, MUITO CONHECIDO MAS POUCO PRODUZIDO NO BRASIL, SERÁ MOSTRADO DE FORMA FÁCIL.
O SANGUE DE BOI É UM VIDRADO DE ALTA (1263 oC),  DE REDUÇÃO, CUJO RESPONSÁVEL PELA COR É O COBRE NA FORMA DE ÓXIDO DE COBRE OU O MINÉRIO MALAQUITA QUE ESTARÁ DISPONÍVEL NA OFICINA.
SERÃO DUAS OFICINAS AO CUSTO DE  $ 220,00 CADA. NA PRIMEIRA,  PREPARAÇÃO DOS VIDRADOS  (UMAS 4 FÓRMULAS DIFERENTES), PARTE TEÓRICA E ENFORNAMENTO. NA SEGUNDA OFICINA QUEIMA E VERIFICAÇÃO DOS RESULTADOS.
NESTE PREÇO ESTÁ INCLUÍDO O ALMOÇO E MAIS UM ENCERRAMENTO NO TERRA BRASIL CAFÉ (veja Facebook).



ESTOU PRETENDENDO QUE ESTA OFICINA SEJA NO MÊS DE JANEIRO. QUANDO FECHAR O NÚMERO DE PESSOAS INTERESSADAS QUE FECHE O GRUPO, MARCAM-SE AS DATAS.
O maravilha está diariamente aqui em casa ampliando o espetáculo de verão.
ENTRE EM CONTATO PELO EMAIL = 
gpnarciso@hotmail.com, ou 41-991452884.

RESULTADO DO CURSO DE VIDRADO DE ALTA-7 e 14 de dez/18




A Oficina foi dividida em duas partes. Primeiro encontrar um vidrado base que funcionasse a 1220 oC que foi o teto máximo de temperatura definido. Esta temperatura permite que quase todos os participantes usem seus fornos, porque os de mais alta (1300 oC) são raros, poucos tem. Todavia, a oficina mostrava como ampliar a faixa de fusão do vidrado base para mais ou para menos.

 Estes vidrados, que seviram para a segunda parte da oficina, são: um transparente e outro opaco. Depois de definida a composição do vidrado base, foram adicionados matérias primas modificadoras dos vidrados e os pigmentos.
Os resultados saíram ótimos, todos funcionaram e foram os próprios participantes que formularam os novos vidrados, abrindo a possibilidade de inventar centenas de fórmulas, com chances quase total de acerto. Todas as fórmulas funcionaram.
Há que se ter, sempre, um cuidado na preparação dos vidrados
os produtos que estamos usando, como o Carbonato de Bário, por exemplo, são tóxicos. A maioria dos pós são tóxicos, até a inofensiva poeira de ateliê, que contem, principalmente sílica, mais o que vai caindo e se perdendo em fina névoa que depois condensa. É necessário que se preste a atenção e se tomem os cuidados exigidos pelas operação. Veja uma coisa simples: ceramista não engole saliva, ele cospe......pode ser meio grosseiro, mas funciona: é uma maneira de proteger-se.
Além disso, tem as águas residuárias que, em reportagem antiga, mostrei como procedo para não jogar materiais tóxicos no meio ambiente.
Além de todo o resultado, cada participante levou para casa suas amostras e ainda um folheto com toda a parte teórica e prática descrita, fora, claro, as intervenções que são muito ilustrativas, durante a oficina e o aluno aplicado anota no seu caderninho.


Gostou? Quer também vivenciar uma oficina destas? Encontre 8 pessoas, no mínimo, 12 no máximo e vamos marcar uma data.